Tudo Sobre Labrador – Dicas e Muito Mais

Tudo Sobre Labrador – Dicas e Muito Mais sobre a raça que é muito querida no mundo todo, e  é uma das raças mais comuns no brasil e se tornou tão importante aos humanos.

A origem dos cães da raça labrador é de uma região do Canadá.  Acredita- se que pessoas que viviam nesta região por volta de 1500  ou 1.600 trouxeram alguns cães para trabalhar e ajudar na caça e pesca da região.

Esses cães eram uma mistura tanto das Ilhas Britânicas como de Portugal e conhecido como animais muito leais, calmos e trabalhadores.

Tudo Sobre Labrador - Dicas e Muito Mais

Apartir dessas raças que estavam nesse local, foi se criando várias novas raças na região, dentre elas uma raça chamada de Lester ou  também chamada de cão de Sandy Jones e hoje acredita-se que aí originou o Labrador.

Essa raça era muito apta para o trabalho na região, tanto na pesca quanto na caça, porque eles tinham pelo curto que repele a água e podiam trabalhar muito bem na pesca dentro da água.

Também tinham pelo curto e diferentemente dos cães de pelo longo não grudava neve, assim não ficava com neve presa no pelo e como a região era muito fria, isso era importante.

Além disso trabalhavam no dia a dia puxando as cordas de rede de barcos de pesca e auxiliavam a recolher alguns peixes que fugiam da rede na hora da pescaria.

Eram cães que adoravam trabalhar, então eles tinham realmente essa vontade de atividade, além de claro a lealdade que a gente tanto conhece.

Apesar de tudo isso, a história do labrador aconteceu mais por volta dos anos 1900 a 1941, quando foi importado para a Inglaterra e foi mantido em uma região chamada Doors.

Essa região da Inglaterra era  muito importante para a troca e venda da pesca na época, então vários desses animais foram levados para lá.

Os aristocratas da região gostaram muito ao ver toda essa lealdade, vontade e capacidade de trabalhar e começaram a criar  a raça.

E aí foi se criando o Labrador da raça de sangue John que hoje não existe mais e acredita-se que ela parou de existir exatamente no momento político em que parou-se as trocas entre Inglaterra e Canadá e assim a raça parou de vir porque não tinha  trabalho.

Então começaram a criar uma nova raça chamada Labrador e suas características físicas e de personalidade da raça era de porte curto, muito ativo com o tórax largo e profundo, com as coxas fortes e eram largos.

Essas são as características físicas padrão da raça é uma raça que pode existir em três cores o amarelo o chocolate e o preto.

Existem pessoas que falam em um vermelho raposo, mas na verdade é conhecida como uma graduação do amarelo é uma cor de Labradores prateados que começou a surgir pela década de 50 e ninguém sabe muito bem a origem, mas acredita que foi do cruzamento com outra raça e não é muito aceita.

Tudo Sobre Labrador – Dicas e Muito Mais

O labrador tem um pelo que não absorve muito a água, o que muito bom para trabalhos em locais alagados ou úmidos e especialmente em regiões frias, sendo bem mais resistentes.

O Laborador deve pesar entre 25 a 35 quilos e se tem uma tendência à obesidade,  é importante mante-lo com bastante exercícios para ficar com o peso ideal e a saúde, além do padrão da raça.

Bom amigo, temperamento ótimo, grande farejador e principalmente adora água para  nadar. Tem a boca diferente com características para não esmagar e matar suas presas, tanto peixe ou caça e outros.

É um cão super ativo que adora exercícios e quando a gente fala que é um ótimo nadador veja que incrível, ao longo do tempo aquela pele entre os dedos é quase uma mão de pato para poder nadar, e eles nadam até muito fundo.

Também adoram exercícios pulando alto  e conseguem correr por uma longa distância e por isso o labrador que vive numa casa ou apartamento precisa de pelo menos uma hora de passeio todos os dias da semana.

Inteligente perspicaz e com muita vontade de agradar as pessoas ao redor, naturalmente calmo tranquilo e sem traços de agressão, o padrão de raça do labrador é esse.

Ele é super conhecido exatamente por isso, essa vontade de agradar as pessoas, tolerância com crianças, idosos e com outros cães.

Infelizmente hoje devido a alguns cruzamentos errados por pessoas sem conhecimento,  ocorrem Labradores com traços agressivos, com pouca tolerância e com ansiedade e apesar de ter um padrão da raça, comportamento e temperamento é importante lembrar que não basta só isso para você garantir que ele vai ser um cão tranquilo.

Tudo Sobre Labrador - Dicas e Muito MaisSeu comportamento com outros cães depende de vários fatores, não é só genética que afeta, então você tem que conhecer o pai e a mãe no canil.

A mãe tem que vir toda feliz em sua direção procurando a sua atenção e você precisa ver para que tenha referência sobre as características comportamentais, dentes e o temperamento.

Você tem que ensinar bons hábitos e passar um bom temperamento para o filhote nos quatro primeiros meses de vida ,aí sim você vai garantir o cão tranquilo com crianças, tolerante com outros cães.

Mas lembrando que uma criança muito pequena, por mais que você tenha um cão tranquilo, precisa sempre de supervisão de um adulto.

Existem doenças mais comuns para determinadas raças e o labrador a gente já sabe que existem algumas como por exemplo a displasia coxo femural e de cotovelo.

Displasia de cotovelo a gente sabe que 20% dos Labradores irão vir a ter durante a vida e que essas doenças são alterações articulares, tanto do cotovelo quanto do quadril dos cães apresentam muita dor e podem deixar o animal até sem andar.

Outras doenças muito comuns nos Labradores, são as alterações oculares dentre elas a atrofia de retina a displasia de retina e a catarata. Se você tem um labrador, tenha atenção e faça exames regulares para prevenir esses problemas, já que a raça tem uma propensão.

A raça Labrador é carinhosa, muito conhecida pelos brasileiros e uma das raças mais comuns no brasil, mas nem sempre é a melhor raça para todas as famílias.

É um cão que requer bastante atenção, precisa de contato constante pela sua grande amizade. Além disso precisa de mais banhos que outra raça e faz a troca de pelos duas vezes ao ano, tendo um certo trabalho com esse grande amigo.

Na verdade é uma questão de analisar sobre as condições de ter essa devida atenção e ter grandes momentos com essa raça que é é carinhosa, brincalhona e de uma incrível amizade. De atenção e receberá muito amor.

É isso. Espero que tenha gostado e principalmente possa ter lhe ajudado em alguma dúvida.

Se foi útil para você. Curte, compartilhe ou deixe um comentário

Contato: canilparaiso@afonterenda.com.br

Facebook: http://afonterenda.com.br/canilparaiso/v1hw

Youtube: http://afonterenda.com.br/canilparaiso/8lnc

Dicas e Cuidados Com Com Seu Cão: http://news.voceviuisso.com.br/caosaudavel

Abraço

Paulo Silva.

Ps: Já pensou em seu grande amigo ser educado de maneira que você possa aproveitar melhor a felicidade em todos os momentos. CLIQUE AQUI E VEJA ALGO PARA EDUCAR SEU CÃO

 

Gostou! Compartilhe!

    Paulo Silva Autor

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *