CUIDADOS NO CONVÍVIO DE CÃES E CRIANÇAS

Cuidados no convívio de cães e crianças é algo muito importante, porque acidentes em que cães atacam humanos ocorrem com frequência e principalmente com crianças onde podem trazer consequências graves, inclusive em alguns casos causando até a morte.

Isso são episódios muito tristes, causando traumas profundos nas famílias, mas que em muitos casos podem ser evitados até de certa maneira de forma simples, se as pessoas seguirem algumas regras.

Uma questão importante é que tudo funciona como um hierarquia, e em muitos casos o cão se sente ameaçado por alguém ou algum fato que possa estar ameaçando o seu lugar.

Cuidados no convívio entre cães e crianças

Um exemplo é até no momento na família em que a mamãe esteja esperando um bebe e depois do nascimento, geralmente os humanos que costumavam dar mutia atenção ao cãozinho, começam a dar toda atenção ao bebe e assim pode disparar um gatilho de rejeição no cão, levando a alguma agressividade.

É importante estabelecer logo que o cão é bem pequeninho a dua autoridade e de toda a família sobre ele. O cão precisa ser subordinado a todos, inclusive as crianças desde de cedo devem manusear com os cães, andar na guia, utilizar ordens de comando e assim o cão entendera o seu lugar, que deve ser sempre abaixo de toda a família e não ao contrário.

E todo esse processo não tem haver com as crianças, elas são inocentes e sempre cometeram erros e provocações com relação aos cães, isso é responsabilidade dos adultos em educar os cães e repassar tudo para as crianças também.

Um cão tem por instinto a caça e um criança com seus movimentos, correria, gritos e também o seu tamanho, pode gerar o instinto da caça no cachorro e pode levar a algum ato de agressividade, principalmente se ele não estiver habituado no convívio com crianças.

Mesmo que o cão seja treinado nesses comportamentos, se estiver sem a presença de seu dono em casos de muita movimentação de criança, pode disparar o seu instinto de caça e causar alguma agressividade.

Quando uma criança começa a gritar, correr os se debater pela presença do cão, isso pode piorar a situação, porque como ele pode acionar o instinto de caça, tudo isso aumenta sua agressividade para caçar e por isso é muito importante a presença dos adultos e também a ensinar as crianças em como agir na presença de cães.

É importante um cão ser bem treinado, mas é muito importante também que as pessoas também saibam como lidar com os cães, em muitos casos simples movimentos feitos com o cão pode ser o motivo de um acidente ou não.

Imagina se você já não conhece bem um cão e num simples ato de tentar conte-lo, acaba pegando ele bruscamente e principalmente por trás, pela cauda ou algo assim, com certeza vai gerar agressividade no cão e se ele o atacar e você se debater ou reagir, criará uma certa rixa do cão em relação a quem o enfrentou.

Por isso jamais, em hipótese alguma deixe criança sozinha com os cães, sem o acompanhamento de adultos, pois é comum crianças terem reações de agressividade e na hora de um acidente tudo se intensifica pelo desespero da criança.

E não existe diferença entre raça, se é puro, com registro ou não, qualquer cachorro pode atacar uma pessoa, claro que conforme o porte as consequências podem ser bem piores, um cão pequeno é bem difícil de matar uma pessoa.

Mas qualquer cachorro de porte médio ou grande pode causar graves ferimentos inclusive levar a morte de uma pessoa, mesmo sendo adulta.

Algo que é muito importante se levar em conta, que apesar de todo o amor que e contribuição que um cão traz ao ser humano, ele é um animal e jamais pode ser levado ao mesmo nível do homem.

Nem o humano pode ficar ao nível do seu cão. O cão tem que estar no seu lugar, como animal, abaixo do homem. Muitas vezes o excesso  em querer igualar os sentimentos e atitudes dos cães ao dos homens, faz com queremos coisas impossíveis dos nossos cães e isto faz com que muitos acidentes aconteçam.

Deus criou o home a sua semelhança, seres superiores e o cão é um animal que precisa dos nossos cuidados, com sua alimentados, com sua higiene e tudo mais, em fim, dependem de nós se estabelecermos isso é um grande passo para termos autoridade sobre eles e evitarmos acidentes em momentos que precisamos que obedeçam nossas ordens.

Bom. Aqui foram algumas dicas  de cuidados no convívio de cães e crianças e se você seguir podem colaborar com um convívio melhor entre você e seu cão.

Se gostou curta, compartilhe ou deixe seu comentário

Inscreva-se para receber dicas importantes sobre cuidados com cães

Inscreva-se: http://afonterenda.com.br/canilparaiso/seucaosaudavel/

Me acompanhe nas redes sociais

Youtube: http://afonterenda.com.br/canilparaiso/8lnc

Facebook: http://afonterenda.com.br/canilparaiso/v1hw

 

 

 

 

 

 

 

Gostou! Compartilhe!

    Paulo Silva Autor

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *